Se for copiar algum poema ou texto desse blog, favor citar a fonte (colocar o nome da autora e o endereço do blog)

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Não me conheço direito... - Pricilla Camargo Diniz

Não me conheço direito...

Não gosto de dar o braço a torcer... mas sei que às vezes é necessário...
Não gosto de falar abertamente sobre o que sinto...
Sou meio “duro na queda”...
Mas o que posso fazer: meu coração começou a bater acelerado...
Bastou um novo ângulo... olhar de um jeito que nunca tinha visto... e pronto... aconteceu...
E estou eu aqui rendida e perdida em meio aos meus pensamentos e medos...
Viver algumas loucuras e aventuras é importante... disse o causador de tamanha surpresa ao meu coração...
Não sei se isso vai entrar no meu livro, mas é um registro importante e um marco para mim...
Nunca gostei de escrever sobre um amor banalizado... aquele de que “ vou morrer pôr causa dele...” não sou assim... sou objetiva... mas não dei conta de segurar o que está aqui agora... não pude fazer nada a respeito... até tentei segurar... tentei evitar... mas chega em tal ponto que é mais fácil meter a cabeça na magia e na mágica e esperar os resultados... mesmo que eles nunca apareçam...
Vai saber....
Não importa... falei...

Sonhei... acordei e continuei sentindo...

O medo é natural...

Mas enfrentar o medo também é natural...


Estou me esforçando...

Espero que funcione...

Até breve eu mesma.... sempre quis escrever para você...

Nenhum comentário: